Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Atualidade \ Geral

Fr. Peret comenta prisão e libertação em Zimbábue

Zimbábue tem um milhão de garimpeiros - REUTERS

13/11/2017 11:54

Harare (RV) – Uma missão de solidariedade para com as comunidades atingidas pela mineração no Zimbábue acabou em prisão para 24 pessoas, de oito países, três delas do Brasil.

Jarbas Vieira, Maria Júlia Gomes Andrade e o Frei Rodrigo Peret foram detidos sexta-feira passada (10/11) e libertados após pagamento de fiança no sábado (11/11). O grupo foi acusado de entrar numa área proibida.

Em relato à Rádio Vaticano, Fr. Rodrigo Peret, da Comissão Pastoral da Terra de Uberlândia, fala do dia que passaram na prisão e manifesta seu agradecimento a advogados, diplomatas e autoridades eclesiásticas, pela assistência e resolução do caso.

Fr. Peret faz um convite aos ouvintes do Programa Brasileiro, para que continuem a manifestar solidariedade, apoiando as famílias que sofrem os impactos da mineração “O povo fica na miséria, com a destruição do meio ambiente. Todos temos a responsabilidade de cuidar da nossa casa comum.

A jovem inglesa pertencente ao grupo que ainda estava detida no Zimbábue foi finalmente libertada nesta segunda-feira (13/11).

Ouça aqui:

13/11/2017 11:54