Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Igreja \ Igreja na América

Card. Hummes: clero autóctone e ecologia integral na Amazônia

"Discernir novos caminhos para a evangelização desta porção do povo de Deus, os índios, frequentemente esquecidos e sem perspectivas de um futuro sereno", é um dos objetivos do Sínodo, explicou o Papa - EPA

27/10/2017 06:30

Cidade do Vaticano (RV) – A questão indígena em geral, ao lado da necessidade de um clero autóctone para acompanhar estes povos, certamente será central no Sínodo Pan-Amazônico, convocado pelo Papa Francisco para outubro de 2019, em Roma.

“O objetivo principal será discernir novos caminhos para a evangelização desta porção do povo de Deus, os índios, frequentemente esquecidos e sem perspectivas de um futuro sereno, bem como as causas da crise da floresta amazônica, pulmão da maior importância para o nosso planeta”, disse Francisco, em 15 de outubro passado, no Vaticano.

Esta temática, acompanhada do desafio da evangelização de uma forma nova e com um novo entusiasmo missionário; e da problemática socioambiental, ligada à ecologia integral, serão, no parecer de Dom Cláudio Hummes, o cardeal Presidente da Rede Eclesial Pan-amazônica, os três eixos principais do Sínodo de 2019.

Depois de algum tempo afastado dos compromissos públicos, o cardeal se revela muito feliz por ter recebido a notícia da convocação do Sínodo diretamente do Papa, na Praça São Pedro: uma graça recebida dos médicos e de todos os que rezaram e continuam orando por Dom Cláudio. Ouça aqui:

 

27/10/2017 06:30