Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Especiais \ Missão Continental

Bispo de Viana: Comunidades eclesiais abertas à sociedade em que vivemos

Dom Sebastião: esta rede eclesial reflete sobre sua comunidade e assume a situação em que vivemos. Na foto, logotipo da Nova Evangelização

26/10/2017 07:00

Cidade do Vaticano (RV) - Amigo ouvinte, prosseguimos em nosso quadro “Nova Evangelização e Concílio Vaticano II” com a participação do bispo da Diocese de Viana, Dom Sebastião Lima Duarte, nosso convidado deste dias neste espaço de formação e aprofundamento.

Em suas considerações sobre a Igreja na América Latina na esteira do Concílio ecumênico Vaticano II, o bispo de Viana falou-nos, na edição passada, sobre a eclesialidade latino-americana e a contribuição que esta tem a dar com sua práxis sendo proposta para a Igreja no mundo inteiro em tempos do Papa Francisco.

Na edição de hoje Dom Sebastião volta seu olhar para a Igreja no Brasil, em geral, e sua diocese, em particular, atendo-se às comunidades eclesiais citando o Documento 100 da CNBB, “Comunidade de comunidades”, em que se insere também a questão das Comunidades eclesiais de base (Cebs).

Esta comunidade eclesial feita de rede de comunidades “está aberta a outra comunidade maior que é a própria sociedade com seus conflitos e seus desafios”, afirma nosso convidado acrescentando que esta rede eclesial assume a situação em que vivemos, reflete sobre sua comunidade, “realidades de sofrimento, de violências, de falta de estradas, falta de saúde” e outros males. Vamos ouvir (ouça clicando acima).

(RL)

26/10/2017 07:00