Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Especiais \ Igreja

D. Esmeraldo: "Alegria dos missionários brasileiros é notável"

Outubro, mês das missões e da Campanha missionária - RV

17/10/2017 10:08

Cidade do Vaticano (RV) - Dom Esmeraldo Barreto de Farias, Presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial da CNBB e Padre Maurício da Silva Jardim, Diretor nacional das Pontifícias Obras Missionárias (POM), encerram quarta-feira (18/10) sua visita a Moçambique.

A visita se realiza no âmbito de uma parceria com a Conferência Episcopal de Moçambique, no sentido de ajudar com o envio de material e pessoas para a formação para a missão e a iniciação à vida cristã.

Os representantes da CNBB e das POM se reuniram com os missionários brasileiros (leigos/as, religiosos/as e padres diocesanos) da Diocese de Pemba e da Arquidiocese de Nampula.

O contexto social de Moçambique é um grande campo de trabalho para os missionários. Entre as dificuldades enfrentadas na missão, estão a exploração em minas de ouro, rubis, grafite, mármore e a realidade das injustiças sociais, especialmente ligadas à desvalorização da mulher, ao descaso na saúde e na educação e a falta de saneamento básico e acesso à água.

Em entrevista à RV, Dom Esmeraldo destaca os sinais de esperança e alegria na missão, agradece Dom Luiz Fernando Lisboa e Dom Inácio Saúre e fala sobre os encontros, as escutas e as visitas a seminaristas e comunidades:

 Ouça aqui a entrevista na íntegra:

“Foi um momento muito importante de escuta do trabalho que aqui realizam,  do significado de sua presença e ao mesmo tempo, das realidades  em que vivem e dos desafios que encontram.

Tivemos também a oportunidade de visitar seminaristas e algumas comunidades. A alegria dos missionários que vieram do Brasil é notável. Agradecemos muito a Deus pela disponibilidade de cada um destes missionários e missionárias que aqui se colocam a serviço do Evangelho, proclamando sempre a presença de Jesus Cristo que nos ama e que nos convida a construir o Reino de Deus.

Queria ainda destacar a alegria do povo, que no meio de todas as dificuldades e sofrimentos, sempre manifesta alegria: no olhar, nos cantos, danças e como rezam.

Os missionários e missionárias brasileiras que aqui se encontram não só acolhem, mas vão mostrando aos jovens a importância de descobrirem o chamado de Deus para o ingresso no Seminário e também o trabalho de formadores de comunidades com os ministérios e outros serviços, no sentido que cada pessoa possa descobrir que a partir do batismo,  é chamada a ser discípula e missionária de Jesus Cristo”.

(cm)

 

17/10/2017 10:08