Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Papa Francisco \ Viagens

Card. Chávez: emergiu Igreja que Francisco sonha para América Latina

Papa Francisco durante a misssa em Cartagena (10/09), última etapa de sua visita à Colômbia

11/09/2017 19:26

Berlim (RV) - Aquilo que emergiu na viagem de Francisco à Colômbia é “a Igreja que o Papa sonha para a América Latina”. Foi o que disse o bispo auxiliar de San Salvador, em El Salvador, Cardeal José Gregório Rosa Chávez, à margem do encontro internacional “Caminhos de paz” em andamento em Münster, na Alemanha.

Papa quer Igreja que faça parte da história do povo

Respondendo a uma pergunta sobre a viagem do Papa à Colômbia, o purpurado fala de uma “viagem emblemática”. “Aquilo que impressiona em seus discursos é a visão global da Igreja que sonha. Ele quer uma Igreja que faça parte da história do povo, que console as feridas, as cure, as acaricie, que percorra os caminhos para a paz.”

O Cardeal Chávez se disse impressionado sobretudo com os discursos feitos em Medellín e Cartagena: “O Papa deu à Colômbia as chaves da reconciliação. A verdade é imprescindível, mas não basta. É preciso verdade, justiça, perdão e misericórdia. Suas palavras são certamente difíceis de serem aplicadas, mas são o único modo para reconciliar o país. Foi uma viagem emblemática. Uma parábola da Igreja que o Papa sonha na América Latina”.

Francisco conseguiu falar ao país inteiro

Francisco fala, mas “a mensagem, em primeiro lugar, é aquilo que ele é e, em segundo lugar, são os gestos que realiza. A Colômbia é um país com tantas dificuldades, mas o Papa conseguiu, em meio a obstáculos enormes, falar ao país inteiro”, ressaltou.

“Falou a um país dividido e aquilo que disse é maravilhoso. Todas as palavras eram pensadas e ele as disse. São uma síntese vital da Igreja que vive naquela terra”, concluiu o cardeal salvadorenho, Dom Rosa Cháves. (RL/Sir)

11/09/2017 19:26