Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Igreja \ Igreja na América

Colômbia: "Semana da Paz" coincide com visita do Papa "amigo da paz"

"O encontro com o Papa Francisco, amigo da paz, com o povo colombiano, amigo da paz, fortalecerá as capacidades e os esforços na construção da paz" - AFP

31/08/2017 12:17

Bogotá (RV) – A edição 2017 da “Semana para a Paz” - a ser celebrada na Colômbia de 3 a 10 de setembro - coincide este ano com dois importantes eventos para o país: o início da construção do caminho de paz depois dos acordos de 24 de novembro de 2016 e a visita pastoral do Papa Francisco, que irá “injetar entusiasmo e reconciliação nos corações dos colombianos”.

Foi o que destacou o Presidente da Conferência Episcopal da colômbia (CEC), Dom Oscar Urbina Ortega, Arcebispo de  Villavicencio, ao apresentar a 30ª Semana para a Paz, criada em 1987 por iniciativa da Igreja, que sempre renovou o compromisso em trabalhar para a construção da paz e da reconciliação no país, sobretudo neste período histórico.

Semente de paz e reconciliação

Dom Urbina Ortega, segundo as informações divulgadas pela CEC, destacou que “a paz é um dom de Deus, uma missão confiada à responsabilidade das pessoas” e “o Papa tocará os corações de todos os colombianos e lançará uma semente. Para nós, no Evangelho, a semente é muito importante, porque quando se dá uma mensagem é uma semente que cai no terreno que é o coração, o terreno que acolhe a semente permite que ele se abra, cresça e dê frutos. Esta é a dinâmica que sem dúvida estará presente nas mensagens que o Papa Francisco nos trás”.

Programa quer dar visibilidade às iniciativas de paz

São mais de mil as iniciativas pela paz que se realizarão em toda a Colômbia durante a Semana e nos dias precedentes e seguintes, organizados por cerca de cem instituições, organizações, movimentos, universidades, ongs e outras realidades, que refletem uma ampla pluralidade religiosa, social, étnica, cultura, econômica e política.

O objetivo é dar visibilidade aos esforços realizados a cada dia por milhares de pessoas que trabalham para a construção da paz e às iniciativas que  promovem a dignidade da pessoa humana.

Foco nos jovens

A Semana, voltada de modo particular aos jovens, tem por tema “Muitos passos para a paz e a reconciliação”, e se inspira na mensagem do Papa Francisco para o Dia da Paz de 1º de janeiro de 2017.

Entre as iniciativas de maior destaque a Marcha pela Paz, que terá lugar nos dias 6 e 7 de setembro em diversos lugares do país, culminando com o encontro com o Papa Francisco em Villavicencio no dia 8.

Também um ato de reconciliação entre os diversos protagonistas do conflito armado que ser realizará em 4 de setembro; uma mostra fotográfica sobre os 30 anos da Semana e o Prêmio nacional pela defesa dos direitos humanos na Colômbia.

Fortalecer os esforços de paz

“O encontro com o Papa Francisco, amigo da paz, com o povo colombiano, amigo da paz, fortalecerá as capacidades e os esforços na construção da paz como expressão da justiça, da democracia, da reparação das vítimas e da reconciliação”, lê-se na carta de convocação da Semana.

31/08/2017 12:17