Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Igreja \ Igreja no mundo

Bartolomeu: refletir sobre nossa responsabilidade com a natureza

1º de setembro: Dia mundial de oração pelo cuidado da criação - ANSA

31/08/2017 15:05

Istambul (RV) - “A devastação em andamento na região do Golfo do Texas, e em particular em Houston, a quarta maior cidade dos EUA, causada pelo furacão Harvey (agora tempestade tropical) é uma severa evocação ao terrível poder da natureza.”

Inicia-se com essas palavras um comunicado do Patriarca Bartolomeu I dedicado à devastação provocada nos EUA pela tempestade tropical Harvey. O Patriarca ecumênico de Constantinopla é conhecido no mundo inteiro por seu empenho em favor do ambiente a ponto de ser definido como o “Patriarca verde”.

Bartolomeu I assegura orações por aqueles que perderam a vida, pelas famílias atingida por esta calamidade e por aqueles que agora se encontram envolvidos nas operações de socorro. “Que Deus lhes conceda força nestas horas de necessidade”, pede ao Senhor.

No comunicado o Patriarca convida também a refletir sobre a responsabilidade que os homens têm com a proteção da terra, convite este feito na véspera do Dia mundial de oração pela criação, celebrado este 1º de setembro.

“É tempo de refletir sobre o terrível poder da natureza e sobre a nossa responsabilidade humana de ser bons e sábios administradores do ambiente”, escreve Bartolomeu.

Somos todos chamados a participar da redenção e da gestão do nosso mundo, trabalhando para conter a força destrutiva de tais furacões com uma melhor planificação ambiental; ou comprometendo-se mais seriamente para combater o grave problema da mudança climática e do modo em que interfere com o nosso planeta; ou até mesmo assumir pessoalmente a causa com projetos caritativos que possam ajudar e apoiar aqueles cuja vida mudou drasticamente de uma hora para outra devido às mudanças climáticas.”

O comunicado do Patriarca Bartolomeu conclui-se recordando a Aliança entre Deus e toda criatura sobre a terra e o versículo do Gênesis “Nunca mais as águas se transformarão num dilúvio para destruir toda carne”. (RL/Sir)

31/08/2017 15:05