Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Vaticano \ Eventos

Iniciado Processo de Beatificação do Cardeal Costantini

Em 8 de julho de 1927 o Cardeal Celso Costantini fundou em Pequim o primeiro Instituto religioso masculino chinês, por ele chamado de Congregatio discipulorum Domini - AFP

04/08/2017 09:14

Cidade do Vaticano (RV) -   Foi aberta na manhã de quinta-feira, 3,  na Catedral de Concordia, a fase diocesana do processo de beatificação do Cardeal Celso Costantini.

O purpurado foi Delegado Apostólico de Fiume, Delegado Apostólico na China nos anos 20 do século passado e mais tarde Secretário da Congregação Propaganda Fidei.

Na celebração estava presente, a convite do Bispo Giuseppe Pellegrini, o Cardeal Leonardo Sandri, Prefeito da Congregação para as Igrejas Orientais.

A obra de Costantini na China foi marcada por realizações de grande importância, como o primeiro Concílio Plenário chinês, realizado em Shangai de 15 de maio a 12 de junho de 1924; a consagração episcopal – ocorrida em Roma em 28 de outubro de 1926 - de seis bispos chineses, os primeiros após três séculos, visto que o primeiro bispo chinês, o dominicano Gregorio Lo (1616-1691) ficou sem sucessores, e a fundação da Universidade Católica de Pequim.

Em 8 de julho de 1927 o Cardeal Celso Costantini fundou em Pequim o primeiro Instituto religioso masculino chinês, por ele chamado de Congregatio discipulorum Domini (Cdd). Estes noventa anos foram celebrados em Taiwan no mês passado, onde atualmente está a sede da Casa Geral da Cdd. (JE)

04/08/2017 09:14