Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Especiais \ Juventude

JMJ do Rio: milhares de jovens identificados com o resgate transformador da fé

Caroline Dreier, 37 anos, de Erebango/RS, dá o seu testemunho ao participar da JMJ de 2013 - RV

24/07/2017 08:28

Erebango (RV) - Eu me emociono. Tu te emocionas... Nós todos nos emocionaremos com o depoimento de Caroline. A Caroline Dreier, 37 anos, de Erebango, cidade ao norte do Rio Grande do Sul. Uma história que poderia ser a mesma de milhares de jovens que, a cada três anos, participam da Jornada Mundial da Juventude.

A Caroline de hoje, é advogada e procuradora de Erebango, mas também é cursilhista, já foi catequista, faz parte do Apostolado da Oração, canta e toca violão nas celebrações, é devota de Nossa Senhora e coordenadora da Pastoral da Juventude da Capela de São Sebastião. A Caroline da nossa história também é facilitadora de Círculos de Construção de Paz, da Justiça Restaurativa e participante da Escola de Perdão e Reconciliação.

Todo esse movimento ativo e inspirador que ela mesma descreve como “Tudo por Jesus, Nada sem Maria”, tem raízes na família católica: os pais são ministros da Eucaristia e líderes comunitários.

Caroline Dreier vai consturando a sua própria trajetória transformadora de vida a partir do magistério do Papa Francisco e das JMJ que participou, tanto do Rio, em 2013, como da Polônia, em 2016. Um resgaste da fé e de retorno à Igreja Católica vividos pela nossa Caroline de hoje, mas que poderia se identificar com milhares de Carolines espalhadas pelo mundo.

O depoimento da jovem em reportagem especial de Andressa Collet você pode ouvir aqui: 

24/07/2017 08:28