Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Papa Francisco \ Encontros e Eventos

Pontificado de Francisco: primeiro obituário publicado em jornal vaticano

O gesto do Papa é dirigido aos familiares do colaborador Sandro Mariotti - AP

06/07/2017 12:03

Cidade do Vaticano (RV) – A pessoa mais próxima do Papa Francisco no Vaticano perdeu o seu pai, e o Santo Padre quis expressar a sua proximidade através de uma mensagem de condolências publicada na seção de obituários do jornal vaticano L’Osservatore Romano desta quarta-feira (5).

A participação da Casa Pontifícia, da Secretaria de Estado e dos colaboradores mais próximos ao Papa, ao luto do seu assistente, é o primeiro do pontificado. Além das mensagens oficiais e telegramas enviados a dioceses e a chefes de Estado pela morte de cardeais ou personalidades públicas, é a primeira vez de um obituário para uma pessoa ‘familiar’.

O gesto do Papa é dirigido ao colaborador Sandro Mariotti, conhecido como ‘Sandrone’, que faz um trabalho discreto e precioso, de confiança e seriedade. O pai do assistente, Luigi, faleceu na manhã do dia 5 de julho, e a mensagem assegura oração e união aos familiares neste momento de provação.

Em declaração à Agência de Notícias Adnkronos, o diretor do jornal vaticano, Giovanni Maria Vian, explica que “se trata de um fato absolutamente incomum”. Ele lembra que a única publicação do gênero aconteceu em 25 de novembro de 2010: “um obituário pessoal de Bento XVI pela morte súbita de Manuela Camagni, uma das Memores domini, as assistentes leigas do Papa, que morreu num acidente de trânsito”.

O diretor Vian comenta ainda que “se trata sempre de pessoas que são ligadas ao Papa por relações pessoais, mais que institucionais, e isso explica a excepcionalidade das participações. Para Bento XVI foi a trágica morte da sua assistente pessoal e, neste caso, foi o falecimento do pai de um assistente de quarto de Francisco. Nos dois casos se trata de uma participação afetiva e pessoal”. (AC/Adnkronos)

06/07/2017 12:03