Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Vaticano \ Eventos

O agradecimento ao "editor do Papa", que levou a LEV ao mundo

Padre Giuseppe Costa esteve dez anos à frente da LEV - ANSA

01/07/2017 10:24

Cidade do Vaticano (RV) – Depois de dez anos de serviços prestados à Santa Sé como “editor do Santo Padre” - em dois mandatos sucessivos - o Padre Giuseppe Costa SDB deixa a direção da Livraria Editora Vaticana (LEV).

O Papa Francisco quis encontrar pessoalmente o Padre Giuseppe Costa, entregando a ele uma carta escrita de próprio punho, em agradecimento pelos 10 anos transcorridos à frente da Livraria Editora Vaticana (LEV). No texto, o Pontífice agradece três vezes ao Padre Costa, em particular pela criatividade e fidelidade no exercício de sua missão.

Também uma cerimônia de despedida foi realizada na manhã de sexta-feira, na presença, entre outros, do Substituto para os Assuntos Gerais da Secretaria de Estado, Arcebispo Angelo Becciu e Mons. Dario Viganò, Prefeito da Secretaria para a Comunicação.

Monsenhor Viganò agradeceu a Dom Giuseppe, sublinhando a importância dos seus dez “gloriosos anos de serviço junto à Santa Sé”, que foram valorizados ainda mais pela presença do Substituto da Secretaria de Estado, Dom Angelo becciu, que expressou por sua vez a gratidão pela “contribuição qualificada” que Padre Costa deu à Sé de Pedro e por “estes dez anos dedicados com tanto profissionalismo, paixão e inteligência, em elevar em escala internacional a Livraria Editora Vaticana”.

Padre Francesco Cereda SDB. Vigário do Reitor Maior dos Salesianos, recordou o percurso de Padre Giuseppe Costa, como “diretor do Boletim Salesiano”, diretor editorial da Sociedade Editora Internacional, docente na Pontifícia Universidade Salesiana, Diretor da Livraria Editora Vaticana” e agradeceu a ele pela contribuição dada à Santa Sé e à Sociedade salesiana.

Padre Giuseppe Costa agradeceu ao Arcebispo Angelo Becciu, a Mons. Edoardo Viganò, aos seus colaboradores mais estreitos, todos os dependentes da Livraria Editora Vaticana e a todos os presentes, anunciando irá à Sicília onde se dedicará à cultura e à escola.

O maior reconhecimento de Padre Costa é dirigido ao Santo Padre Francisco por tê-lo recebido em audiência e por tê-lo agradecido por meio de uma carta pessoal pela sua contribuição à difusão da cultura católica e do Magistério.

Também presente na cerimônia de despedida o Cardeal Raffaele Farina, o Prof. Giovanni Maria Vian, Diretor do L’Osservatore Romano, além de alguns diretores da Secretaria para a comunicação. (JE)

01/07/2017 10:24