Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Igreja \ Igreja no mundo

Síria: Aleppo, campanha "Uma gota de leite" de AIS

Ajuda à Igreja que Sofre ajuda os cristãos sírios com várias iniciativas - EPA

27/06/2017 20:06

Aleppo (RV) - A fundação "Ajuda à Igreja que Sofre" (AIS) criou o programa "Uma gota de leite" para alimentar cerca de duas mil e novecentas crianças de Aleppo, na Síria. Os menores são filhos de mil e quinhentas famílias cristãs.

Segundo a Agência Sir, o organismo financia o projeto desde 2015 e nos últimos dias doou uma contribuição de 225 mil euros que garantirá leite a todas as crianças abaixo de dez anos.

O preço de uma lata de leite em pó equivale a cinco euros, cerca de dezessete reais, cifra que muitas famílias não possuem. O salário mínimo é de 50 euros, cento e setenta reais, e muitos cristãos ficaram desempregados por causa da guerra. 

Desde o início de 2011, Ajuda à Igreja que Sofre ajuda os cristãos sírios com várias iniciativas, num total de 18 milhões de euros.
 
“Projetos como ‘Uma gota de leite’ são fundamentais para ajudar as famílias cristãs que permaneceram, em Aleppo, e para tranquilizar aqueles cristãos que desejam voltar para a sua cidade, como mostra o número crescente de crianças que se beneficiam do projeto”, disse o diretor de AIS-Itália, Alessandro Monteduro.

Em maio passado, foram registradas 120 novas crianças. “Saber que possuem um apoio é fundamental para as famílias que voltam a Aleppo”, disse o médico Nabil Antaki, ressaltando que diante de uma comunidade dizimada como a de Aleppo, seja urgente ajudar as crianças. 

“Elas são o futuro. A guerra as privou de sua inocência e nós podemos pelo menos fazê-las crescer saudáveis e fortes”, concluiu.

(MJ)

27/06/2017 20:06