Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Igreja \ Igreja no Brasil

Missionários da Consolata: conosco o Superior no Brasil

Pe. Aquileo Fiorentini - RV

16/06/2017 08:47

Cidade do Vaticano (RV) – O Papa Francisco recebeu no último dia 6 de junho 120 participantes dos Capítulos Gerais dos Missionários e Missionárias da Consolata, a Congregação que tem como fundador o bem-aventurado Giuseppe Allamano.

No Brasil, atuam 47 missionários da Consolata e o Superior Regional é o Padre Aquileo Fiorentini, que continua em Roma até o fim do Capítulo, dia 20. Padre Aquileo nasceu em 1952 numa comunidade situada entre Três de Maio e Tucunduva, no Rio Grande do Sul. Entrou no seminário em 1965 em Três de Maio, prosseguindo seus estudos em Erexim, RS, e São Paulo, SP. Cursou teologia em Roma, na Itália onde fez também o mestrado em missiologia e psicologia. Permaneceu 12 anos na Direção Geral do Instituto Missões Consolata, em Roma (seis como Conselheiro e seis como Superior).

Neste momento de graça para o Instituto, que vive seu XIII Capítulo Geral, foram debatidos dois temas centrais: a revitalização da pessoa do missionário e a reestruturação dos modos de governo do Instituto, para estar mais próximos dos missionários, acompanhando-os na missão e respondendo a esta de acordo com a realidade.

Padre Aquileo relembra alguns momentos da audiência dos padres capitulares com o Pontífice, destacando especialmente a mensagem transmitida a Francisco, inclusive o desejo do grupo de que as duas Coreias se unifiquem.  

“No meu coração, eu levei todos os missionários da Consolata da região do Brasil, os benfeitores, todos os colaboradores que na missão do Brasil cada dia caminham conosco, os familiares, e depois, aquilo que estava um pouco em todo o nosso coração, que era o desejo que a Coreia do Sul e a Coreia do Norte possam voltar a ser unidas. Nós estamos trabalhando lá e este foi um desejo que brotou de nossa Assembleia: pedir a unificação das duas Coreias”.   

(CM)

16/06/2017 08:47