Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Igreja \ Igreja no mundo

Bispos da Bósnia-Herzegóvina: direitos e liberdades no país

Arcebispo de Sarajevo e presidente da Conferência Episcopal da Bósnia-Herzegóvina, Cardeal Vinko Puljić

15/06/2017 18:28

Sarajevo (RV) - O Conselho permanente da Conferência episcopal da Bósnia-Herzegóvina reuniu-se esta segunda-feira (12/06) em Sarajevo, presidido pelo arcebispo da capital bósnia, Cardeal Vinko Puljić.

É o que informa o site da Conferência episcopal aludindo aos temas que foram objeto dos trabalhos e indicando que “foram retomadas as conclusões da 69ª Assembleia ordinária da Conferência episcopal realizada nos dias 21 e 22 de março passado em Mostar.

Apoiar liberdades fundamentais de todos os cidadãos

Na ocasião os bispos dirigiram um apelo “aos representantes políticos do povo croata a apoiar com todos os meios democráticos a tutela e a promoção dos direitos e das liberdades fundamentais de todos os cidadãos da Bósnia-Herzegóvina e a trabalhar pela paridade do povo croata com as outras etnias”, a etnia bósnia (de religião muçulmana) e a etnia sérvia (ortodoxa).

Colaboração entre religiosos e leigos na pastoral

Em Sarajevo, os bispos retomaram também os conteúdos “do XII Encontro entre os bispos e os membros da Conferência dos superiores maiores, realizado em 28 de abril passado”, que tinha discutido o tema da colaboração entre leigos e religiosos na pastoral, e o “da reunião dos bispos com os Provinciais franciscanos na Bósnia-Herzegóvina”.

Integração entre católicos bósnios e croatas

A Igreja católica na Bósnia tem feito um esforço contínuo no sentido de buscar uma integração cada vez maior nas comunidades locais entre católicos bósnios e católicos croatas. Ademais, foi definida a pauta da próxima assembleia plenária que se realizará nos dias 13 e 14 de julho próximo em Banja Luka.

Também são membros do Conselho permanente, além do arcebispo de Sarajevo, Cardeal Vinko Puljić – que é presidente dos bispos da Bósnia –, o vice-presidente da Conferência episcopal, Dom Tomo Vukšić; o bispo auxiliar de Sarajevo, Dom Pero Sudar; e o secretário geral da Conferência episcopal, Dom Ivo Tomašević. (RL/Sir)

15/06/2017 18:28