Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Igreja \ Igreja no mundo

Combonianos celebram 150 anos de missão na África

Os combonianos com o Papa Francisco em 2015 - AP

23/05/2017 17:00

Roma (RV) - Os missionários Combonianos festejam 150 anos de atividades e missão na África, organizando um simpósio que terá início, na próxima quinta-feira (25/05) até 1º de junho, em Roma, na Casa Geral.

Segundo informações da Agência Sir, o evento faz parte de um programa de celebrações que envolvem todas as circunscrições dos Combonianos no mundo. O objetivo é “requalificar o serviço missionário em resposta aos desafios do mundo atual e renovar a vocação ‘em saída’”. 

A missão precisa ser repensada para atualizar a intuição de Daniel Comboni que, em 1867, em Verona, fundou o Instituto para as Missões Africanas.
 
Na sexta-feira, 26 de maio, o Pe. Fidel Gonzalez, falará sobre a história do instituto. No sábado, 27, o Pe. Diego Farés abordará o tema da visão missionária do Papa Francisco.

No domingo, 28, os participantes visitarão os lugares combonianos, em Roma, e participarão do Angelus na Praça São Pedro. 

Na segunda-feira, 29, Pe. Teresino Serra falará sobre o instituto e da nova mensagem de Deus para a Igreja missionária. No dia seguinte, Pe. Enrique Sanchez fará uma palestra sobre os desafios futuros do instituto. 

Em 10 de junho de 1867, em Verona, sob a pressão de Propaganda Fide que exigia garantias para o futuro da missão na África Central, Daniel Comboni fundou o Instituto para as Missões Africanas. A sua finalidade era a evangelização da África. 

Em 1872, o Comboni funda, em Verona, o Instituto das Pias Madres da Negritude. Morre em Cartum, em 10 de outubro de 1881, aos 50 anos, sem consolidar as instituições que se desenvolveram no âmbito internacional.

(MJ)

23/05/2017 17:00