Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Papa Francisco \ Viagens

Egito: nossa enviada ao país que vai receber Francisco

Cristãos são minoria no país,onde 89% da população é muçulmana sunita - EPA

27/04/2017 10:08

Cairo (RV) - Daqui um dia terá início a 18ª viagem aspostólica do Papa Francisco, a segunda a um país de maioria islâmica depois da Turquia. De fato, o diálogo inter-religioso é uma das principais motivações desta breve visita.

A cidade do Cairo já está toda enfeitada para a chegada do Pontífice com cartazes e banners espalhados por toda a cidade. Os muçulmanos representam 89% dos quase 90 milhões de habitantes, em sua maioria sunitas e o primeiro compromisso do Papa será justamente com eles, na Universidade de Al-Azhar, onde participará da Conferência pela Paz.

O carmelita ítalo-brasileiro Abuna Patrick fala sobre a importância inter-religiosa dessa visita.

Outra dimensão igualmente importante da viagem é o ecumenismo, de modo especial com a comunidade copta do país, a mais representativa dos 10% dos cristãos egípcios. A presença cristã no Egito tem suas origens com São Marcos e resiste há dois mil anos, intercalando momentos de convivência pacífica e outros mais delicados.

A visita de Francisco adquire um significado ainda mais especial depois dos atentados no Domingo de Ramos. A reportagem do Programa Brasileiro contatou uma brasileira, muçulmana, que reside em Alexandria há 10 anos. Nane estava a poucos metros da explosão e fez um relato do que viu aos ouvintes da Rádio Vaticano:


Do Cairo para a Rádio Vaticano, Bianca Fraccalvieri

27/04/2017 10:08