Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

App:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Igreja \ Igreja no mundo

Reino Unido: carta de 24 líderes religiosos contra terrorismo

Jovem coloca flor no local do atentado, em Paris - AFP

21/04/2017 17:32

Londres (RV) Vinte e quatro líderes religiosos do Reino Unido escreveram uma carta na qual definem o terrorismo e a violência como “atos bárbaros” e “afronta à fé”. 
 
“Ataques recentes como os perpetrados em Westminster, São Petersburgo, Estocolmo e Egito são uma afronta à fé e nós os condenamos fortemente”, sublinham eles, recordando o atentado perpetrado, em Paris, nesta quinta-feira (20/04), que causou a morte de um policial e deixou dois feridos na Avenida Champs-Élysées.

“Agora, mais do que nunca, os fiéis se unem contra aqueles que querem semear medo e desconfiança entre as pessoas deste país”, frisa ainda os religiosos na carta, segundo a Agência Sir. 

Segundo a missiva, publicada pelo jornal Sunday Post, “os cristãos de todas as confissões, muçulmanos, judeus, budistas, sikhs, hinduístas e zoroastristas renovam o seu compromisso de trabalhar juntos contra a discórdia, a desconfiança e o medo que os terroristas procuram criar”. 

“Se esses ataques pretendem nos dividir, devemos mostrar que isso não acontecerá nunca, e ao invés de gritar furiosos, devemos permanecer calmos e resolutos, mostrar respeito e amor pelos outros.”

“Os britânicos são conhecidos pela tolerância e o respeito que vimos abundantemente nas últimas semanas e que são o símbolo melhor deste país”, destaca ainda a mensagem. 

Os líderes religiosos concluem a carta, declarando que continuarão “fazendo ecoar vozes positivas de pessoas e comunidades em todo o Reino Unido, com harmonia, paz e unidade”. Dentre os signatários da carta, está o bispo auxiliar de Westminster, Dom John Wilson.

(MJ)

21/04/2017 17:32