Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

App:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Igreja \ Igreja no mundo

Fome no Sudão do Sul: salesianos incentivam a solidariedade

A campanha pretende arrecadar ajuda para mais de 100 mil pessoas

19/04/2017 14:17

Juba (RV) – Devido ao agravamento da fome no Sudão do Sul, as Missões Salesianas lançaram uma campanha para arrecadar ajuda para mais de 100 mil pessoas. “Há pessoas que estão sobrevivendo comendo sementes ou plantas”, explicam os missionários.

Segundo o missionário salesiano Job Shyjan, “em Gumbo, são mais de 10 mil pessoas que estão deslocadas, mas também em Mori, Mafao e Wau. Estamos recebendo mais de 5 mil pessoas que fogem da fome”. 

A inflação no pais africano excede 800% e nos mercados só se encontra chá e sal. O salesiano afirma que, “quando o período chuvoso começar, a situação vai piorar, pois o transporte de ajuda e alimentos será muito complicado”.

Diante desta situação, Ana Muñoz, porta-voz da organização, destacou que “a fome neste país se tornou uma arma de guerra que está destruindo o futuro de milhares de pessoas”. E faz uma convocação: “Chamamos a atenção para aqueles que são esquecidos continuamente e pedimos à comunidade internacional que se envolva ante esta crise humanitária”, insiste.

Atualmente, mais de 15 mil pessoas estão sendo atendidas pelos missionários salesianos no Sudão do Sul. “Hoje, devemos cuidar das pessoas que nos pedem ajuda, mas amanhã temos que trabalhar na reabilitação dos povos, na manutenção da paz e da reconciliação do país”, disse o missionário salesiano.

(MD/ACI DIGITAL)

19/04/2017 14:17