Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Igreja \ Igreja no mundo

Jordânia: votos de Felíz Páscoa do Rei Abdullah II aos líderes cristãos

Cristãos ortodoxos durante a celebração da Páscoa - EPA

18/04/2017 17:34

Amã (RV) - Os jordanianos são uma “família unida que participa ativamente da construção do próprio país”. Com estas palavras o primeiro-ministro da Jordânia, Hani Mulki, fez os votos de Feliz Páscoa, da parte do Rei Abdullah II, aos líderes cristãos do país. 

Segundo a agência de informação jordaniana Petra, o encontro foi realizado, no último sábado (15/04), na sede da Igreja ortodoxa, em Amã. 

“Guiada pelo Rei Abdullah II, a Jordânia é um país seguro e estável e os jordanianos, como uma família, procuram alcançar juntos os seus objetivos de desenvolvimento socioeconômico a fim de tornar o seu país melhor e preservar os seus sucessos”, disse o primeiro-ministro jordaniano, acompanhado por vários ministros e demais autoridades. 

Mulki manifestou pesar pelas vítimas inocentes dos atentados perpetrados no Domingo de Ramos contra os cristãos coptas em Tanta e Alexandria, no Egito. Ataques definidos por ele como “uma vergonha”, aos quais os responsáveis serão punidos. 

Do mesmo teor as palavras proferidas pelo Presidente do Senado, Faisal Al-Fayez. Durante o encontro, Al-Fayez disse que a Jordânia tem orgulho da unidade entre muçulmanos e cristãos, afirmando que o cristianismo é uma componente essencial da sociedade jordaniana. Ele também condenou os atentados recentes perpetrados no Egito e reiterou que o terrorismo não tem religião. Al-Fayez manifestou a solidariedade da Jordânia a todos os cristãos no Oriente Médio. 

(MJ)

18/04/2017 17:34