Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Igreja \ Igreja na América

Governo colombiano pede investigação sobre assassinato de sacerdote na Venezuela

Investigação do assassinato de sacerdote em 10 de abril ainda sem solução - AFP

15/04/2017 17:09

Bogotá (RV) – O Ministério das Relações Exteriores da Colômbia, por meio de uma nota, lamentou a morte do sacerdote Diego Bedoya Castrillón, após ter sido encontrado sem vida, em 10 de abril, na sede da comunidade religiosa de Aragua, Venezuela.

Para a polícia venezuelana, tudo indica que o Padre foi assassinado, sem dar maiores detalhes. Neste sentido, a Chancelaria pediu uma investigação imediata e aprofundada.

“Desde que se tomou conhecimento da morte do compatriota pertentence à “Congregación de los Hermanos Franciscanos de la Cruz Blanca en Venezuela” – diz a mensagem -  o Consulado da Colômbia em Valência solicitou às autoridades competentes deste país para acelerarem as investigações voltadas a esclarecer os fatos e identificar os autores do homicício”.

A Chancelaria assegurou que o corpo do sacerdote foi entregue à Congregação, já que não poderá ser repatriado nem cremado enquanto não forem esclarecidos os fatos que levaram à sua morte.

Neste sentido, o religioso foi enterrado na sede da Casa Familiar Candelaria, na cidade de La Victoria – Estado de Aragua – como determinaram seus Superiores, que viajaram da Espanha para fazer o sepultamento. (JE)

15/04/2017 17:09