Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Vaticano \ Documentos

Milagre atribuído à intercessão de Romero é analisado pelo Vaticano

Caso confirmado milagre, Beato Romero poderà ser canonizado - AFP

27/03/2017 13:52

Cidade do Vaticano (RV) - No último dia 24 de março, há exatos 37 anos de seu homicídio, foi iniciado na Congregação das Causas dos Santos o exame de um suposto milagre atribuído à intercessão de Dom Óscar Romero, que se confirmado, poderá levá-lo à honra dos altares.

Foi o próprio Postulador, Dom Vincenzo Paglia, que confirmou à Catholic News Service a abertura da documentação por parte dos oficiais do dicastério vaticano e o início das análises.

O Arcebispo salvadorenho foi beatificado em 23 de maio de 2015, depois de o Papa Francisco ter assinado o decreto que reconheceu o seu assassinato - enquanto celebrava uma Missa - como martírio por ódio à fé.

Recebendo um grupo de bispos e fiéis salvadorenhos, após a beatificação, o Pontífice afirmou abertamente que o martírio de Romero não havia sido somente aquele sofrido com a morte, mas também após, porque "uma vez morto - e eu era jovem sacerdote e fui testemunha disto - foi difamado, caluniado, enlameado.

Agora foi identificado um possível milagre atribuído à sua intercessão do Beato Romero. "Trata-se de uma mulher de El Salvador – disse Dom Vincenzo Paglia - que estava na sua sétima gravidez e devido à complicações corria o risco de perder a criança e de morrer também ela. Os seus amigos rezaram para o Beato Romero e após algumas semanas, a mulher não somente não morreu como pode ter a criança. Os boletins clínicos, segundo os médicos, provam um evento extraordinário, milagroso".

"Com base nestas primeiras indicações - recordou -  foi instituído um tribunal diocesano para que desse início a um apurado exame sobre o ocorrido: exame dos dados e das testemunhas, assim como da própria mulher, dos amigos que rezaram por ela, os médicos. O processo concluiu-se nos dias passados e os resultados foram enviados à Congregação das Causas dos Santos, que deverá, por sua vez, submetê-los à análise de especialistas e teólogos".

"Em 28 de fevereiro passado concluímos a instrução do processo para o milagre", afirmou à Rádio Vaticano nos dias passados o Arcebispo de El Salvador e Presidente da Conferência Episcopal, Dom José Luis Escobar Alas, que guiou os bispos salvadorenhos na visita "ad Limina apostolorum".

"Certamente, nós gostaríamos que o Papa canonizasse Romero em El Salvador e o convidamos para ir em 15 de agosto, dia do centenário de seu nascimento. Quem dera, se assim a Divina Providência o quiser, o milagre será aprovado pela Santa Sé e o Papa o canonizará em 15 de agosto. Seria para nós uma bênção muito grande".

"Nós - acrescentou ainda o prelado - gostaríamos que fosse também beatificado Padre Rutilio Grande, o sacerdote jesuíta morto mártir como Romero, em 1977. A fase diocesana da sua causa de beatificação foi concluida no último ano e a documentação já foi enviada à Congregação para a Causa dos Santos". (JE)

27/03/2017 13:52