Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Atualidade \ Geral

Santa Sé auxilia regresso de deslocados centro-africanos

Cidade de Bagui ainda é patrulhada por militares - AFP

16/03/2017 10:11

Bangui (RV) - Boas notícias da República Centro-Africana: centenas de deslocados puderam regressar a suas casas graças aos fundos doados pela Santa Sé.

A Caritas doou aos 968 deslocados acolhidos no centro João XXIII de Bangui um auxílio econômico para favorecer o regresso a suas casas. A iniciativa vaticana não diz respeito somente ao centro João XXIII, mas também a outros locais de acolhimento de deslocados que foram obrigados a fugir dos combates durante as fases mais agudas da guerra civil. Os fundos necessários foram oferecidos pela Santa Sé num total de 80 milhões de francos CFA.

Segundo o responsável pelos programas da Cáritas, Marcel Bendo, os fundos disponibilizados pelo Vaticano permitem ajudar 371 famílias. Além do centro João XXIII, o programa contempla as estruturas situadas no Seminário Maior de Bimbo, a paróquia de São Salvador e a dos capuchinhos. Os deslocados acolhidos na paróquia de São Salvador e os do Seminário já receberam a quantia que lhes permitiu regressar.

A contribuição vaticana para favorecer o regresso dos deslocados foi realizada depois da “Operação Natal em Casa”, lançada pelo governo, que permitiu o fechamento do centro de acolhimento no aeroporto de Bangui e de outras estruturas na capital centro-africana.

Até fevereiro de 2017, havia 127.933 deslocados nos centros de acolhimento de Bangui.

O Papa Francisco visitou o país em novembro de 2015.

(Fides)

16/03/2017 10:11