Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Igreja \ Igreja no mundo

Egito: cristãos coptas celebram o Natal sob rígidas medidas de segurança

Forças de segurança protegem Catedral de São Marcos - REUTERS

06/01/2017 19:13

Cairo (RV) – Os cristãos coptas no Egito celebrarão o Natal sob um rígido esquema de segurança, para prevenir ataques como o ocorrido em 11 de dezembro contra a Igreja de São Pedro, durante uma missa, e que provocou a morte de 28 fiéis.

O jornal independente egípcio “Al Masry al Youm”, indicou esta sexta-feira que a Catedral copta de São Marcos - complexo do qual faz parte a Igreja que sofreu o ataque – está protegida desde quinta-feira  por forte medidas de segurança para a Missa de Natal da noite deste dia 6.

A celebração será presidida pelo Patriarca da Igreja Copta, Tawadros II, e contará com a participação de autoridades governamentais.

O Grão Imame de Al-Azhar, Ahmed al-Tayyeb, e outros grandes Ulemás, participarão da celebração para felicitar o Patriarca tawadros II e a todos os cristãos coptas pela festividade do nascimento de Jesus.

O jornal oficial “Al Ahram” explicou que a visita de expoentes muçulmanos à Catedral se realizará depois que “circularam rumores nas redes sociais de que o Islã proíbe a participação de muçulmanos nas celebrações do Natal cristão”.

Os Ulemás de Al-Azhar – a maior autoridade do Islã sunita – condenaram esta afirmação e asseguraram exatamente o contrário: “Compartilhar a felicidade com os cristãos é um dever religiosos de todas as religiões monoteístas”.

Ademais, é visível o aumento da presença policial ao redor dos templos sagrados para os cristãos localizados na Província de Suez (leste), indicou a Agência de notícias Mena.

O chefe da segurança da Província de Kafr el Sheij, Sameh Muslim, declarou que foram utilizadas tecnologias das mais avançadas para garantir que tudo transcorra na mais absoluta calma.

 (je/efe)

06/01/2017 19:13