Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Atualidade \ Geral

Comece atenta para uma economia social de mercado

Direito social: Inclusão e trabalho - ANSA

22/11/2016 19:20

Vaticano (VA) - A Comissão das Conferências Episcopais da Comunidade Europeia (COMECE) publicou suas observações a respeito da Consulta Pública da União Europeia sobre os direitos sociais. O texto que contém as respostas do Comité de Assuntos Sociais da COMECE pode ser acessado através do site da Comissão.  

O documento tráz de volta a  ideia de "economia social de mercado" prezada pela COMECE e pelo mundo católico Europeu, encorajando a União Européia a "não perder de vista a Estratégia Europa 2020 para combater condições de trabalho precárias e construir uma base sólida para a união econômica e monetária. "

A COMECE se declara favorável aos objetivos da proposta de um "pilar de direitos sociais", mas acredita "não ser suficiente. A partir disso, faz algumas recomendações: Convida a "promover a coerência política entre as iniciativas existentes" e adotar uma "abordagem inclusiva", que envolva todos os membros da União Européia e não apenas os 19 países da zona euro.

A Comece encoraja o monitoramento regular com a implicação de todas as partes interessadas, pede proteção ao direito por um horário de trabalho decente, um dia comum de descanso semanal, que deve ser o domingo. O documento também convida a repensar a noção de educação, ao fato que a instrução e formação são os motores da convergência social. A consulta da União Européia será concluída no próximo dia 31 de dezembro.

22/11/2016 19:20