Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

App:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Igreja \ Igreja no mundo

Concluído em Viena Encontro da Juventude Ecumênica da Europa

Juventude Ecumênica da Europa: cristão juntos para "romper os grilhões" da pobreza

24/10/2016 20:37

Viena (RV) - “Os jovens cristãos devem abraçar um testemunho ecumênico verdadeiramente compartilhado no acolhimento aos migrantes”: com esse compromisso concluiu-se em Viena, na Áustria, o encontro promovido pelo Conselho da Juventude Ecumênica da Europa (Eyce, na sigla em inglês).

Um evento, realizado de 21 a 23 de outubro, que faz parte de um percurso de formação pensado justamente para favorecer a partilha das experiências das comunidades e o cotejamento entre os projetos ecumênicos do Eyce.

Para tal, no encontro falou-se do programa “Romper os grilhões”, que há anos o Eyce tem levado adiante para denunciar as situações de pobreza e de marginalização, que nascem da violência contra a qual, também a nível juvenil, o movimento ecumênico quis se posicionar.

Cristãos podem trabalhar juntos para “romper os grilhões” da pobreza

Desse modo, também em Viena foi reiterada a necessidade da denúncia das situações concretas de pobreza, tão difusas também na Europa, para depois poder lançar propostas ecumênicas com as quais os cristãos possam trabalhar juntos para “romper os grilhões” da pobreza, buscando uma colaboração inter-religiosa e intercultural.

Passaram em resenha as iniciativas do Eyce em prol da remoção das causas da pobreza e voltadas para a assistência de muitos marginalizados, recordando que este programa nasceu do desejo de manifestar como os cristãos podem responder às responsabilidades indicadas pela leitura comum do Evangelho.

Trata-se, portanto, de encontrar nas Sagradas Escrituras o fundamento para um repensar a sociedade europeia. Seguindo uma tradição que sempre caracterizou os encontros do Eyce, no evento de Viena foi dado espaço para a troca das experiências locais a fim de favorecer um melhor conhecimento daquilo que é feito pelos grupos juvenis ecumênicos na Europa, na convicção de que a partilha das alegrias, das dificuldades e das esperanças é uma passagem fundamental na construção da unidade entre os cristãos. (RL)

24/10/2016 20:37