Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Igreja \ Igreja na América

Sacerdote sequestrado no México

Onda de violência no Estado mexicano de Michoacan - AFP

23/09/2016 13:26

Cidade do México (RV) – Chama-se Padre José Alfredo Lopez Guillen e foi sequestrado no México. A denúncia do desaparecimento foi feita pelo Cardeal Arcebispo de Morelia, Dom Alberto Suárez Inda, em um vídeo publicado quinta-feira no site da Conferência Episcopal Mexicana (CEM) e citado pela Agência Fides. Padre Guillen é pároco da Igreja da Santíssima Trindade de Janamuato, cidade de Puruándiro, Estado de Michoacan.

Respeitar a vida humana

“Estamos angustiados com o desaparecimento e sequestro de um de nossos sacerdotes – afirma o purpurado. Imploramos respeito pela sua integridade e pela sua vida, e pedimos que possa retornar o mais breve possível ao exercício de seu ministério”.

Por fim, o Cardeal Suárez Inda une-se à oração dos fieis e dos familiares do Padre Guillen pela sua libertação. O sacerdote foi sequestrado na segunda-feira, 19 de setembro, e da sua casa foram roubados muitos objetos.

Papa encoraja Igreja mexicana

Na última segunda-feira haviam sido encontrados os corpos de dois outros sacerdotes sequestrados: Padre Alejo Naborì e Padre José Alfredo Jimenez. O crime ocorreu em Poza Rica, Estado de Veracruz, onde um grupo de homens armados invadiu a Igreja de Nossa senhora de Fátima.

Por meio de um telegrama, assinado pelo cardeal Secretário de Estado, o Papa Francisco expressou toda a sua dor pelo ocorrido, condenando com firmeza os ataques á vida e à dignidade das pessoas, e exortando os consagrados, não obstante os obstáculos, a prosseguirem na sua missão seguindo o exemplo de Jesus Bom Pastor.

(JE)

23/09/2016 13:26