Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Igreja \ Igreja no mundo

Congresso dos Dominicanos em Salamanca: direitos humanos

Audiência papal aos Capitulares da Ordem Dominicana (04.8.16) - OSS_ROM

03/09/2016 12:27

Bolonha (RV) – Teve início na tarde desta sexta-feira (02/9), a Congresso internacional “Dominicanos na promoção e na defesa dos direitos humanos: presente, passado e futuro”.

O evento, inaugurado pelo Mestre Geral da Ordem dos Pregadores, Frei Bruno Cadoré, realiza-se em Salamanca, Espanha, até o próximo dia 5, e conta com a participação de mais de 200 membros da Família Dominicana do mundo inteiro.

O Congresso dominicano tem lugar no Convento de Santo Estêvão Protomátir, onde, entre outros religiosos, Francisco da Vitória, Antônio de Montesinos, com a sua comunidade, e Bartolomeu de las Casas começaram seu compromisso com os direitos humanos entre as populações indígenas da América Latina, no século XVI.

O estudo e a missão estão ao centro do carisma deixado pelo fundador, São Domingos de Gusmão. Por isso, nos últimos Capítulos Gerais da Ordem, os Padres capitulares pediram uma renovada sinergia entre a vida intelectual e a vida apostólica.

Este Congresso é uma ocasião também para celebrar os 800 anos de fundação da Ordem dos Pregadores d faz parte do chamado “Processo de Salamanca”, que reúne os líderes das instituições e os membros da Família Dominicana, que estão em primeira fila na defesa dos direitos humanos.

A Ordem Dominicana foi fundada por São Domingos de Gusmão, em 1215, em Toulouse. É também chamada Ordem dos Pregadores, devido à necessidade vital para a Igreja, na época, a fim de que, mediante a pregação e a evangelização, se chegasse à conversão dos hereges ou descrentes. (MT)

03/09/2016 12:27