Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Igreja \ Igreja no Brasil

Jovens Conectados: Espaço de diálogo e unidade na diversidade

“A comunicação concorre para dar forma à vocação missionária de toda a Igreja, e as redes sociais são hoje um dos lugares onde viver esta vocação..." - EPA

18/08/2016 12:01

Cidade do Vaticano (RV) – "Como gostaria que todos os batizados pudessem, no decurso do Jubileu Extraordinário da Misericórdia, experimentar a alegria de pertencer à Igreja!".

Com esta frase dita pelo Papa Francisco em sua mensagem para o 53º Dia Mundial de Oração pelas vocações, iniciamos essa matéria falando sobre uma equipe de jovens que há exatamente seis anos dedica seus talentos em prol da Juventude no Brasil: os Jovens Conectados!

Este grupo encontrou na Comunicação seu ministério e deseja levar adiante o ideal da unidade na diversidade.

Para Flávio Medeiros, designer gráfico, membro da equipe há alguns meses, o Jovens Conectados não é só um veículo de comunicação, é a força de jovens que usam a tecnologia e as mídias sociais para evangelizar outros jovens.

"Deus nos dá talentos e na equipe cada membro é um instrumento de evangelização em determinada área", explicou.

Histórico

A equipe jovem de comunicação foi organizada em 2010 e começou auxiliando o então setor de Juventude da CNBB a se comunicar com os jovens, sendo um canal para que as juventudes e as expressões eclesiais pudessem dialogar.

Assim, surgiu o site Jovens Conectados, que cresceu ao longo desses seis anos, conquistando uma presença marcante nas redes sociais. Desde então, a equipe tem feito a cobertura de eventos importantes como as JMJs de Madri, Rio e Cracóvia e desempenha o papel de canal de divulgação das iniciativas da Comissão para a Juventude da CNBB. 

Profissionais voluntários de diferentes áreas, como jornalistas, publicitários, designers, técnicos da informação, gestores de mídias digitais, das cinco regiões do Brasil, e de várias expressões eclesiais, atuam no projeto.

Mundo virtual

Segundo Layla Kamila, jornalista e advogada voluntária do projeto nas redes sociais, "a página do Facebook tem quase meio milhão de jovens conectados, sendo a maioria católicos e uma porcentagem considerável de jovens que não professam nenhuma fé ou ainda que são de outras religiões. Isso demonstra o quanto o protagonismo juvenil é fundamental nas ações desenvolvidas pela Igreja católica. O Pontífice questionou os jovens na missa de envio da JMJRio2013 dizendo:

"Sabem qual é o melhor instrumento para evangelizar os jovens? Outro jovem!, é a via", disse em português o Papa.

Rede Nacional de Jovens Comunicadores

Um dado recente é que em 31 de julho de 2016, durante a missa de envio da JMJ em Cracóvia, o site teve 1.012.414 visualizações. O Evangelho diário postado na página do Facebook tem o envolvimento básico de 95 mil visualizações por dia.

Outra ação prioritária da Equipe é a Rede Nacional de Jovens Comunicadores, lançada em julho de 2014. A rede permite que o projeto tenha uma capilaridade regional, ao captar possíveis colaboradores nas bases da pastoral juvenil.  

Layla ainda nos conta: "Hoje a rede tem uma abrangência significativa, costumamos dizer que são os multiplicadores da evangelização; interagem nas redes sociais com entradas ao vivo no Facebook para estreitar o relacionamento com os jovens".

A rede se fundamenta nas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil: "Necessitamos sair ao encontro das pessoas, das famílias, da comunidades e dos povos para lhes comunicar e compartilhar o dom do encontro com Cristo." (2011-2015, nº 548).

"Eméritos" conectados

Muitos jovens já passaram pela equipe ao longo desses anos, esses são carinhosamente chamados de ‘eméritos’ e com sua experiência servem como apoio para os atuais voluntários do projeto.

Para Gracielle Reis, historiadora e jornalista, falar sobre que é o Jovens Conectados é algo muito importante:

"Foi um privilégio fazer parte da equipe por quatro anos, precisei sair por motivos pessoais, e também porque a equipe precisa se renovar. Sinto que de uns anos para cá a Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude - CNBB, buscou estruturar de forma mais atenta uma comunicação voltada para a Juventude. Vejo que os Jovens Conectados têm sido uma ferramenta de serviço à Comissão. Sempre dando visibilidade aos trabalhos da juventude, buscando integrar e mostrar os esforços dos jovens brasileiros em prol da unidade".

Também na mensagem para o Dia Mundial das Comunicações Sociais, em  junho de 2014, o Papa afirmou: "A comunicação concorre para dar forma à vocação missionária de toda a Igreja, e as redes sociais são hoje um dos lugares onde viver esta vocação de redescobrir a beleza da fé e a beleza do encontro com Cristo". Como ouvir e ficar inerte? Não tem como! Então, como Jovens Conectados, somos resposta ao apelo da Igreja pela evangelização e porta aberta à evangelização dos povos.

Faça parte desse projeto! Você também pode ser um Jovem Conectado!

 (VM)

18/08/2016 12:01