Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Especiais \ Igreja

Dom João Braz de Aviz: o maior milagre de Jesus

O Cardeal Braz de Aviz - AFP

24/03/2016 12:18

Cidade do Vaticano (RV) - Misericórdia. A alma e a carne do Tríduo Pascal que tem início nesta Quinta-feira Santa com a Missa da Ceia do Senhor serão rigorosamente guiadas por este valor sobre o qual o Papa Francisco quis incardinar a Igreja presente em todo o mundo durante um ano inteiro. Já o Domingo de Ramos mostrou a marca jubilar impressa pelo Papa também para a Semana Santa – a sua síntese sobre os suplícios individuais da Paixão sublimados pelo amor sem medida de Cristo, que tudo perdoa e cobre de misericórdia, também no momento em que a dor é abissal.

Francisco disse também que a Semana Santa é a História de um Deus que por amor do homem escolhe aniquilar-se. E o clímax, onde a espoliação de Jesus parece sobrepor-se e misturar-se quase com a de seu Vigário na terra é quando, nesta Quinta-feira Santa, Francisco - como faz desde o início do Pontificado – inclina-se para lavar e beijar os pés dos socialmente descartados. Neste ano o Papa lavará e beijará os pés de refugiados e refugiadas.

Sobre as celebrações desta Quinta-feira Santa, a Missa do Crisma e a Missa da Ceia do Senhor com o rito do Lava-pés nós pedimos a reflexão do Prefeito da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica, Dom João Braz de Aviz. (SP)

24/03/2016 12:18