Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Vaticano \ Eventos

Papa doa alimentos para Centro de Imigrantes de Roma

Centro Baobab em Roma para onde foram as doações do Papa - ANSA

11/08/2015 15:46

Cidade do Vaticano (RV) – A pedido do Papa Francisco, o esmoleiro apostólico, Dom Konrad Krajewski, doou alimentos para serem distribuídos aos imigrantes do Centro Baobab de Roma. Ele entregou pessoalmente os gêneros alimentícios na instituição de abrigo durante duas visitas distintas: na semana passada e nesta segunda-feira (10).

Dom Krajewski, ao entregar as caixas contendo macarrão, leite, biscoitos, alimentos em conserva e óleo de oliva disse que “isso a gente faz frequentemente, inclusive nos vários lugares onde ficam os nossos peregrinos sem casa. O Papa também é bispo de Roma!”, destacou ele.

Há um mês, sempre por vontade do Papa, o esmoleiro pontifício tinha doado remédios para os imigrantes do Centro Baobab. Em especial, foram repassados 50 kg de medicamentos contra a sarna humana, 50 pomadas contra fungos, 100 confecções de antibióticos e anti-histamínicos para serem distribuídos pelos voluntários da Associação Medicina Solidária e da Unitalsi (União Nacional Italiana Transporte Doentes a Lourdes e Santuários Internacionais).

Segundo reportagem do jornal italiano Corriere della Sera, nos últimos dois meses a instituição acolheu 25 mil imigrantes através do auxílio de ‘voluntários que trabalham gratuitamente, sem nenhum reembolso pessoal’.

O nome da entidade beneficente vem de uma planta tropical muito grande que leva o nome de ‘baobab’. Como símbolo da flora africana, ela vive nas savanas por mais de 500 anos, oferecendo ao homem: abrigo, comida e remédios. No continente africano, o baobab é o centro da vida social das vilas: sob a sua sombra ficam os mercados e se fazem as reunião dos idosos, os rituais de dança, as brincadeiras das crianças. (AC/Ansa)

11/08/2015 15:46