Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Atualidade \ Geral

Índia: aumento do trabalho infantil nos campos de algodão

Cerca de meio milhão de crianças estão empenhadas nos campos de algodão na Índia - REUTERS

05/08/2015 18:42

Nova Deli (RV) – Ainda este ano, a Índia deve se transformar no principal produtor de algodão do mundo com uma expectativa de produção que gira em torno dos 6 milhões de toneladas do produto. O sacrifício para esse título, porém, foi denunciado por um estudo publicado pelo Comitê Indio Holandês e pela Stop Child Labour Coalition: o número de crianças trabalhando nos campos continua aumentando.

No país asiático, trata-se de 200 mil menores de 14 anos – a idade mínima legal para trabalhar. No entanto, é dessa faixa etária que o país usufruiu 25% da mão de obra, enquanto aqueles entre os 14 e 18 anos somam mais 35%. No total, cerca de meio milhão de crianças estão empenhadas nos campos de algodão na Índia.

Segundo declarações do próprio estudo, percebe-se que o número de crianças usadas como mão de obra nos campos aumentou em até 100 mil em comparação a 2010. A pesquisa ainda traz dados sobre as condições em que as crianças trabalham, que continuam a ser de muito risco.

(AC/Fides)

05/08/2015 18:42