Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Atualidade \ Geral

Entronização de N.S Aparecida em Fátima reforça laços de amizade

O Cardeal Raymundo Damasceno Assis coroa a imagem de Nossa Senhora Aparecida - RV

13/05/2015 08:40

Fátima (RV) – O Cardeal Raymundo Damasceno Assis, Arcebispo de Aparecida, presidiu nesta terça-feira (12/05) a cerimônia de entronização de uma imagem de Nossa Senhora Aparecida no Santuário de Fátima – sinal da união e amizade entre Portugal e Brasil.

“Queremos que a presença desta imagem seja sinal da união destes povos, português e brasileiro, já ligados por profundos laços históricos, pela mesma fé, pelo mesmo amor a Nossa Senhora”, declarou Dom Damasceno à agência Ecclesia.

O cardeal explicou a devoção que nasceu em Aparecida há 300 anos, cuja importância “foi crescendo, ao ponto de exigir a construção de uma nova basílica”, para celebrar em 2017 os 300 anos do encontro desta imagem.

A entronização antecipa as comemorações dos 300 anos do encontro da imagem da Mãe Aparecida no rio Paraíba, que serão celebradas em 2017, assim como os 100 anos da primeira aparição de Nossa Senhora de Fátima.

A imagem de Nossa Senhora Aparecida foi colocada numa das entradas principais do santuário, na Cova da Iria.

“Ao entronizarmos esta imagem de Nossa Senhora Aparecida no Santuário Nacional de Nossa Senhora de Fátima, queremos que ela permaneça aqui para sempre, lembrando-nos a todos que ela é nossa mãe”, explicou Dom Raymundo no final da cerimônia.

O cardeal português José Saraiva Martins, prefeito-emérito da Congregação para as Causas dos Santos, fala sobre estas duas invocações de Maria.

(Ecclesia/RB)

13/05/2015 08:40