Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

App:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Especiais \ Igreja

Vice-governadora relata o drama da enchente do rio Acre

A enchente afeta desde o norte da Bolívia até o Acre - REUTERS

11/03/2015 12:01

Rio Branco (RV) – Finalmente começou a vazante do Rio Acre, em Rio Branco. Segunda-feira, 09, teve início a operação de limpeza nos 53 bairros atingidos pela enchente histórica. 30 equipes com 330 homens, 273 operadores e 280 equipamentos integram o Plano Emergencial de Limpeza Pós-Alagação. 
A enchente do Rio Acre afetou 53 bairros, 900 ruas e desabrigou ainda 10,4 mil pessoas, mas atingiu direta ou indiretamente  87 mil.

Solidariedade

A Diocese de Rio Branco (AC) disponibilizou sua conta bancária para receber doações para o projeto “Acre Solidário 2015”, que irá ajudar as famílias desabrigadas. Doações de alimentos, como leite em pó e massa para mingau, e de itens de uso pessoal, como fraldas descartáveis para crianças e idosos, também são recebidas em vários locais da capital.

O assessor das Pastorais Sociais do regional Noroeste da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Padre Luiz Ceppi, pede às lideranças e instituições da Igreja uma oração solidária em favor dos habitantes de Assis Brasil (AC), Brasiléia (AC), Xapurí (AC) e Rio Branco. Para mais informações, acesse o site cnbb.org.br

A situação atual 

Devido à ação de limpeza nos locais atingidos, alguns bairros de Rio Branco terão que passar por sistema de rodízio. A medida emergencial faz parte do Plano de Apoio para retorno das famílias às suas residências e será adotada até o próximo sábado, 14. 

Relato da situação

O Programa Brasileiro contatou a vice-governadora do Acre, Nazaré Lambert, que destaca a união das forças que, em mutirão, estão agindo para aliviar a situação dos desabrigados. Nazaré enaltece os esforços do Governador Tião Viana e do Governo federal nesta emergência. Ouça a reportagem clicando acima. 

 

11/03/2015 12:01