Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Vaticano \ Eventos

Coleta para a Terra Santa: momento atual exige solidariedade

Papa Francisco reza no Muro das Lamentações, em Jerusalém - EPA

10/03/2015 11:01

Cidade do Vaticano (RV) – A Congregação para as Igrejas Orientais divulgou uma carta convocando os fiéis a participarem na Coleta para a Terra Santa, realizada tradicionalmente no dia em que a Igreja recorda a Paixão de Cristo – Sexta-feira Santa.

O Prefeito da Congregação, Card. Leonardo Sandri, recorda que a Igreja Católica exprime por meio da oração e do Ofertório o alento às comunidades dos fiéis e aos Lugares Santos, sobretudo no dramático momento atual que se vive no Oriente Médio .

Hoje, escreve o Cardeal argentino, são milhões os refugiados provenientes da Síria e do Iraque onde o estrondo das armas não para e a via do diálogo e da concórdia parece completamente perdida, enquanto prevalecem o ódio insensato que mata e o desespero de quem foi arrancado da terra de seus pais e tudo perdeu.

“Se os cristãos da Terra Santa são exortados a resistir, na medida do possível, à tentação da fuga, aos cristãos do mundo inteiro pede-se a sua solidariedade para com o seu destino daqueles. Isto implica todos os irmãos das diversas confissões religiosas no Ecumenismo de sangue que concorre para o triunfo da unidade: “ut unum sit!” (Jo 17, 21).”

Para o Card. Sandri, este ano a Coleta para a Terra Santa é mais do que nunca uma ocasião preciosa para sermos peregrinos na fé seguindo o exemplo do Santo Padre, que visitou a região em março do último ano.

“Desejo que esta Coleta receba um acolhimento generoso da parte de todas as Igrejas locais, para que possa crescer a participação solidária que a nossa Congregação coordena para garantir à Terra Santa o apoio às exigências quotidianas da vida eclesiástica e às diversas necessidades”, conclui o Prefeito da Congregação. 

10/03/2015 11:01