Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

App:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Especiais \ Saúde

Saúde: o apoio do Papa na luta contra a hanseníase

A hanseníase tem cura e o diagnóstico prévio é muito importante - EPA

27/01/2015 10:00

Cidade do Vaticano (RV) – O Papa lembrou, no último domingo (25/01), a decorrência do Dia Mundial da Hanseníase. “Quero expressar a minha proximidade a todas as pessoas que sofrem desta doença, como também a todos aqueles que cuidam dos doentes, e àqueles que lutam para colocar fim às causas da doença e as condições de vida indignas do homem. Renovemos nosso compromisso de solidariedade a estes irmãos e irmãs!”

Panorama no Brasil

De acordo com o Ministério da Saúde, em 2014, foram 354 crianças de escolas públicas diagnosticadas com hanseníase. O diagnóstico aconteceu por meio da Campanha Nacional de Hanseníase, Verminoses e Tracoma realizada no ano passado com alunos de cinco a 14 anos de mais de 1,9 mil cidades. De acordo com a coordenadora geral do Programa de Hanseníase e Doenças de Eliminação do Ministério da Saúde, Rosa Soares, as campanhas querem interromper a transmissão da doença nas comunidades.

"Antes de tudo, é feita uma triagem de sinais e sintomas com um formulário chamado formulário de autoimagem, a família da criança marca onde a criança tem algum possível sinal da doença. Depois disso, as crianças são informadas de como é a doença e elas reproduzem esse conhecimento em casa. Então é um processo também de educação em que a família, através da criança e da escola, a comunidade fica conhecendo os sinais e sintomas da doença e se envolve com a questão", afirmou a coordenadora.

Diagnóstico

Os casos de hanseníase diagnosticados durante as campanhas nas escolas são encaminhados para tratamento no SUS. Aproximadamente 5 milhões de alunos participaram da Campanha Nacional de Hanseníase de 2014. Desses, mais de 230 mil foram encaminhados às unidades de saúde com suspeita de estarem com a doença. Este ano, a campanha nas escolas deve começar no mês de agosto. Para saber mais sobre a hanseníase e as ações de prevenção e combate a doença acesse a página do Ministério da Saúde. (MS/RB)

 

27/01/2015 10:00