Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Atualidade \ Geral

Publicadas as reflexões sobre o Natal de Padre Bergoglio

Capa da versão em espanhol do livro - RV

24/11/2014 15:42

Bolonha (RV) – “Caridade”, “fortaleza”, “bondade”, “martírio”, “silêncio”. Palavras centrais das reflexões contidas no livro “A força do Presépio. Palavras sobre o Natal”, escrito por Jorge Mario Bergoglio. Publicado na Argentina em 1987, estará finalmente disponível a partir desta semana, em italiano, lançado pela ‘Editora Missionaria Italiana’.

O texto apresenta algumas meditações do então Padre Jorge Bergoglio sobre o espírito do Natal e sobre as implicações que a Encarnação de Deus gera na vida de cada homem e mulher:

 “Ao contemplar o presépio, a graça mais óbvia que nos será dada será o desejo de ser bons”, escreveu. “Jesus nos ensina um caminho para sermos bons: deixarmo-nos penetrar pelo insondável mistério da Bondade do Pai”.

Inspirado na espiritualidade de Santo Inácio de Antioquia, Bergoglio insiste na necessidade da “vigilância” para acolher a vinda de Deus na vida de cada um, o “verdadeiro” Natal que nos encontra a cada dia:

“Os cristãos se dividem em duas categorias: aqueles que permanecem firmes e aqueles inconstantes. Estes últimos acabam sendo seduzidos. São Pedro diz que os filhos do diabo “seduzem as pessoas instáveis””.

O Natal chama cada cristão – defende Bergoglio – a uma escolha decisiva: “pensando na nossa fortaleza e na nossa fragilidade, podemos pedir a graça de não colocar a fraqueza em coisas artificial, que com o passar do tempo, nos enriquecem segundo o mundo; e de não colocar a força distante dos planos de Deus”.

O livro tem prefácio do também jesuíta Padre Antonio Spadaro, Diretor da revista La Civiltà Cattolica. (JE)

 

 

 

 

24/11/2014 15:42